ANUNCIE AQUI

ANUNCIE AQUI



Casal morre asfixiado dentro de carro e corpos são encontrados nus


Um casal morreu asfixiado dentro de um carro no município de Campo Novo do Parecis, em Mato Grosso, de acordo com reportagem publicada no site G1 nesta sexta-feira (17). Segundo a Polícia Civil, os corpos de Cleiton Ficner, de 28 anos, e Anágela Alencar, de 24, foram encontrados nus no banco traseiro do veículo em uma estrada vicinal do município. Os corpos foram encontrados após as famílias relatarem o desaparecimento dos jovens. Segundo os relatos, os dois saíram de casa e não retornaram. Manchas de sangue foram encontradas no banco do carro. Porém, a perícia indicou que o casal morreu sem uso de violência. O sangue seria causado pela dilatação de vasos sanguíneos, após aspiração de monóxido de carbono expelido pelo carro. Um laudo da Perícia Oficial e Identificação Técnica deve apontar se houve vazamento do gás dentro do veículo. (Noticias ao Minuto)



Facebook decide acabar com convites para jogos online


Se você faz parte do grupo de pessoas que não aguentam mais receber convite para jogos online, através do Facebook, já pode comemorar. A rede social decidiu que a partir do dia 6 de fevereiro do próximo ano começará esse tipo de funcionalidade, até eliminar por completo até junho. De acordo com o portal Sapo, além disso e usando como justificativa o fato de o Facebook já oferecer várias outras possibilidades, alguns botões também serão eliminados por serem considerados redundantes. (Noticias ao Minuto)



Morre piloto britânico após acidente no GP de Macau; imagens fortes


O piloto britânico Daniel Hegarty, 31 anos, morreu neste sábado, em Macau, durante uma prova do GP de motos de Macau, uma prova de rua realizada anualmente. O acidente aconteceu na Curva dos Pescadores, no meio da prova. Ele foi transferido de ambulância e morreu no caminho, por volta de 6h de Brasília. “É com grande pesar que a Comissão Organizadora do Grande Prêmio de Macau informa que o corredor britânico não resistiu aos ferimentos quando seguia na ambulância a caminho do Hospital Conde S. Januário”, informou o coordenador da Comissão Organizadora, Pun Weng Kun. Em uma coletiva à imprensa, foi informado de que a família do piloto já havia sido avisada: “A comissão já contactou com a família e membros da equipa de Daniel garantindo que lhes será prestada toda a assistência. A Comissão Organizadora do Grande Prêmio de Macau manifesta as mais sinceras condolências à família e amigos de Daniel”, disse o responsável. A prova de Fórmula 3, outra categoria que acontece desde 1983 no mesmo circuito, foi vencida pela primeira vez por Ayrton Senna. Veja abaixo. As imagens são fortes.



Presidente da Câmara e secretário de João Dourado/BA que haviam sido sequestrados, são localizados!


O presidente da Câmara Municipal de João Dourado/BA, Marcos Paraná e o secretário de transportes, Marcos Oliveira, foram localizados na noite desta sexta-feira (17), por volta das 21h na cidade de Barra do Mendes, a cerca de 60 quilômetros de Irecê.

Segundo as primeiras informações, tanto o parlamentar quanto o secretário estão bem. Eles foram sequestrados nesta tarde no município de João Dourado durante a fiscalização de uma estrada. O carro de Marcos Paraná teria sido levado pelos bandidos. (Central Notícias)



Ex-integrante do Dominó morre aos 40 anos em São Paulo


O ex-vocalista da banda Dominó Ricardo Bueno morreu, aos 40 anos, na manhã quinta-feira (16) em São Paulo.

A Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo afirmou que o cantor foi internado no dia 7 de novembro em decorrência de um problema odontológico no hospital Ermelino Matarazzo, na zona leste.

Segundo a pasta, Bueno morreu em decorrência de septicemia causada por um abcesso odontogênico.

Ricardo Bueno, cujo sobrenome era Phalamesca, participou do Dominó em 1995. Em 2000, reencontrou o amigo de infância, Wander Ávila, com quem montou uma dupla sertaneja.

O cantor foi enterrado nesta sexta (17) cemitério Vila Formosa 2, na zona leste de São Paulo.



Irmão de Otto, ex-prefeito de Simões Filho é condenado à perda de direitos políticos


O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) condenou o ex-prefeito de Simões Filho, Eduardo Alencar (PSD), a perder os direitos políticos por cinco anos pelo crime de improbidade administrativa. Irmão do senador Otto Alencar (PSD), Eduardo foi acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de ter beneficiado a empresa Marpel Engenharia LTDA em uma licitação para construção de uma quadra poliesportiva no distrito de Mapele, além de obras de infraestrutura urbana, como pavimentação e drenagem na Rua das Rosas, no bairro Góes Calmon, na gestão de 2001 a 2004. Os recursos para levantar a quadra, no valor de R$ 122.514,17, vieram de convênio o Ministério do Esporte e Turismo. Já o das intervenções de infraestrutura urbanas, no montante de R$ 223 mil, foi oriundo do Ministério das Cidades. Além de Eduardo, foram condenados também Orlando Marques de Figueiredo Filho, Joseládio Oliveira de Lima, Virgínia Lúcia de Sousa Portela e Justiniano Ferreira da Conceição.

A juíza absolveu, no entanto, Cláudia Campos e Silva, ex-secretária municipal de Infraestrutura, por falta de provas. De acordo com a sentença, o Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) atestou que a prefeitura simulou a licitação para “restringir o caráter competitivo” do certame e direcionar o resultado de forma favorável à Marpel Engenharia. Um dos indícios listados pelo órgão para comprovar as irregularidades foi o fato de a publicação da licitação ter ocorrido em uma data anterior à justificativa para contratação dos serviços. Além disso, a abertura das propostas aconteceu também depois do dia estabelecido no edital, sem comprovação de retificação da data e nova publicação do documento. Outro elemento apontado foi que o orçamento para construção da quadra foi elaborado pela empresa vencedora antes da própria assinatura do contrato de repasse dos recursos federais. Constatou-se, ainda, que as propostas apresentadas pelas empresas concorrentes eram similares, reforçando a suspeita de que a concorrência foi simulada. A CGU também atestou as assinaturas da empresa Fronteira Construtora e Incorporadora que apareciam nas propostas eram falsas. “Tudo isso demonstra, pois, a simulação do certame licitatório em questão, para dar aparência de licitude à contratação direta da empresa ré. A conduta em questão atenta contra os princípios da administração pública, em especial os da moralidade, imparcialidade e legalidade, sendo forçoso reconhecer a prática de ato de improbidade por José Eduardo Mendonça Alencar — responsável pela aplicação dos recursos públicos direcionados ao Município de Simões Filho — Joseládio Oliveira de Lima, Virgínia Lúcia de Sousa Portela e Justiniano Ferreira da Conceição — na qualidade de integrantes da comissão de licitação —, e Orlando Marques de Figueiredo Filho — na qualidade de beneficiário direto dos atos de improbidade, já que proprietário da empresa Marpel Engenharia Ltda., vencedora da licitação fraudulenta”, sustentou a juíza. Os condenados negaram as acusações. (BN)



Egípcia pede divórcio porque marido faz todas as tarefas domésticas


Samar M., uma mulher egípcia de 28 anos, entrou com um pedido de divórcio apenas duas semanas após o casamento porque seu marido faz todas as tarefas de casa e ela ficou irritada com isso, de acordo com o jornal Khaleej Times.

Ela alega que seu marido, Mohammad S., está agindo como uma “dona de casa”, porque ele faz limpeza e organização da casa e sequer a deixa ajudá-lo. Ela disse que chegou a confrontar o companheiro, mas ele disse que, se ela queria viver com ele, deveria seguir suas regras.

“Nós nos casamos há apenas duas semanas, eu o conheço e o amo há dois anos, mas estou odiando morar com ele e não posso mais lidar com as atitudes dele”, disse Samar ao jornal. “Meu marido é um dono de casa. Ele não me deixa tocar em nada na nossa casa e cozinha, limpa e faz todas as tarefas. Ele controla tudo em nossa casa e eu não posso opinar em nada, nem mesmo o canal de televisão. Ele tem um negócio próprio, mas ele contratou pessoas para gerenciar a loja só para ficar mais tempo em casa. Ele passa as roupas, varre a casa e até arruma as comidas na geladeira”, disse a mulher.

Samar registrou um pedido de divórcio na Vara Familiar em Cairo, capital do Egito. “Meu marido não me dá liberdade para fazer as coisas em casa, eu sinto como se fosse uma hóspede em um hotel”, concluiu. O processo já foi iniciado e está em curso.





Turista morre após cair de sacada da varanda de pousada na Bahia


Uma mulher morreu após cair de uma altura de três metros, da sacada da varanda de um quarto de uma pousada, quando estava com o companheiro, na cidade de Porto Seguro, região turística do sul da Bahia. A Polícia Civil, que investiga o caso, diz que as primeiras informações apontam que a queda foi um acidente. O companheiro dela foi ouvido pela polícia, acompanhado de um advogado, e liberado.

O caso ocorreu no feriado da Proclamação da República, por volta das 5h de quarta-feira (16). A mulher foi identificada como Beatriz Costa Norberto, de 40 anos, natural de Caravelas, cidade do sul da Bahia. O casal morava em Curvelo (MG). Em depoimento, o companheiro de Beatriz, Wifried Lubenau, contou que o casal teria ingerido álcool e cocaína. Ele disse que ela teria caído depois de se desequilibrar da sacada, após uma brincadeira.

“Já ouvimos testemunhas e nenhuma briga foi informada. A princípio, foi um acidente. Vamos ouvir mais testemunhas”, diz o delegado Rafael Zanini, da delegacia do Turista (Deltur) de Porto Seguro. O marido dela contou que o casal tinha chegado na pousada após um passeio e a mulher pediu para ele pegar um celular que ela tinha esquecido no carro. Quando ele retornou, não encontrou Beatriz e desceu para procurar a esposa.

Conforme o depoimento dele, depois de não conseguir encontrar ela fora do quarto, ele voltou ao local e encontrou a mulher lá. Foi quando ela contou que havia feito uma brincadeira de se esconder na varanda e, ao mostrar o local onde havia se escondido, acabou caindo.

Após a queda, ela chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) para o Hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, onde foi constatada a morte. O corpo dela foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde passa por perícia. Os exames devem comprovar se ela ingeriu entorpecentes e qual a causa da morte. Com informações do G1.