CLIQUE AQUI E VISITE NOSSA PÁGINA!
CLIQUE AQUI E VISITE NOSSA PÁGINA!
ANUNCIE CONOSCO!
ANUNCIE CONOSCO!
ANUNCIE CONOSCO!

29 de março de 2018

Utinga: Vereadores da oposição divulgam nota de esclarecimento sobre adiamento da consulta pública para escolha do dia da feira livre, proposta pelo executivo

Os vereadores da bancada da oposição na Câmara Municipal de Utinga, composta por Sandro Costa, Dr. Lucas, Thalmo Vinícius, Toinho Muniz e Luiz da Lagoa Bonita divulgaram uma Nota de Esclarecimento sobre o adiamento da consulta pública que decidiria o dia da feira livre na cidade de Utinga.

Durante entrevista a Rádio Cultura AM de Utinga, o prefeito alegou que o adiamento ocorreu por conta de questionamentos de um vereador da oposição que teria colocado como impossibilidade para realização do pleito com o voto aberto e questionou também a não participação de representantes da oposição nas reuniões onde foram decididos os trâmites e a logística  para realização da consulta pública.

Diante da polêmica, os vereadores da bancada de oposição divulgaram uma Nota de Esclarecimento a população, dizendo não ter nada a ver com o adiamento. Confira a nota na íntegra:

Nota de Esclarecimento

Os vereadores da oposição esclarecem que nada tem a ver com o adiamento da consulta pública para a escolha da data da feira livre de Utinga.

O decreto, a mudança da feira e a forma de consulta pública foi formalizado exclusivamente pelo poder executivo na figura do Sr. prefeito Joyuson Vieira.

A bancada de oposição desde o dia 3 de fevereiro se manifesta de forma unânime pelo retorno imediato da feira livre para a segunda-feira, vindo inclusive a apresentar projeto de lei que visava regulamentar a data da feira livre para o seu dia tradicional, porém a votação do projeto foi obstruída pela presidência da câmara de vereadores. Se o projeto fosse votado, ele certamente seria aprovado!

Nós, vereadores da oposição, defendemos abertamente o retorno imediato da feira livre para a segunda-feira, com a revogação imediata do decreto do executivo que criou esta situação de calamidade no nosso município.

A verdade explícita com o adiamento da consulta pública é que o executivo está completamente perdido quanto à metodologia e à logística necessária para a realização da consulta pública.

Atenciosamente,

Vereadores da bancada de oposição. (Blog do Léo Barbosa)

Share Button