Neymar vai a julgamento na Espanha e pode ser preso


O jogador Neymar irá a julgamento, segundo informou, nesta quinta-feira (4), a Audiência Nacional – que também move processo contra o atual presidente do Barcelona, time pelo qual o brasileiro atua, o gestor anterior do clube catalão, os pais do atleta e o Santos. O tribunal acusa o grupo de supostos delitos de corrupção nos documentos de negociação pelo ex-santista e fraude. A DIS, fundo de investimento brasileiro que move a ação, suspeita que as partes tenham ocultado os valores da transação do atacante para o Barcelona, em 2013. A empresa era dona de parte dos direitos do jogador e acredita que, durante a transferência, tenha sido desfalcada em 40% no valor total da venda, 17 milhões de euros. Os clubes alegam que os 40 milhões de euros pagos diretamente à empresa de Neymar correspondem a acordos de prioridade firmados com o Barceloma. A Dis, contudo, nega a versão e pede que o jogador seja preso por cinco anos e que perca seu direito de atuar durante o período da pena.
O Ministério Público espanhol, por sua vez, pede dois anos de prisão para o jogado por suposta fraude em sua transferência e solicita pagamento de multa de 10 milhões de euros. Neymar defende que, durante o período de saída do Santos, as negociações eram realizadas exclusivamente com seu pai, agente em quem confiava “cegamente”. (Voz da Bahia)