CLIQUE AQUI E VISITE NOSSA PÁGINA!
CLIQUE AQUI E VISITE NOSSA PÁGINA!
ANUNCIE CONOSCO!
ANUNCIE CONOSCO!
ANUNCIE CONOSCO!

6 de janeiro de 2017

"Crime premeditado e doentio", diz polícia para assassino de Feira

Após ser preso pela Polícia Militar nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (6), na localidade de Largo do Marajo, Centro da cidade de Feira de Santana, Gilson de Jesus Moura, 49 anos, acusado da morte de cinco familiares e a tentativa de morte de mais dois, passou por 10 horas de depoimento. Segundo a polícia, ele expressou frieza e ciúme doentio.
Fotos: Paulo M. Azevedo / Bocão News

Moura foi apresentado na sede da Polícia Civil, na região da Piedade, nesta sexta.

A delegada da Delegacia de Homicídios (DH), Larissa Laje de Barros, disse que Gilson é autor de um crime premeditado. "Ele prometia incendiar a casa no Natal e demonstrou um ciúme doentio", disse.

A titular ainda o classifica como um crime de feminicídio. "Ele comprou gasolina para atacar a família. Ele arrumou o carro para fuga", disse.

Com prisão preventiva decretada, Gilson será encaminhado para o presídio de Feira de Santana.

Durante coletiva para imprensa coordenador da coordenadoria regional de Polícia Técnica de Feira de Santana.

Os corpos ainda estão sendo identificados. Estão em alto estado de carbonização. Bocão News

Share Button