CLIQUE AQUI E VISITE NOSSA PÁGINA!
CLIQUE AQUI E VISITE NOSSA PÁGINA!
ANUNCIE CONOSCO!
ANUNCIE CONOSCO!
ANUNCIE CONOSCO!

13 de agosto de 2016

Jovem natural de Xique-Xique é assassiando durante tiroteio em posto de combustível em Barreiras

Nesta manhã de sexta-feira (12) por volta das 9h30, segundo depoimento colhido no local com testemunhas oculares, um homem identificado como Lucas da Silva Souza, conhecido por Luquinhas, natural de Xique-Xique, que estava sentado no lado de fora da lanchonete do Posto de gasolina Sanave, antigo Carreteiro, quando alguns indivíduos saíram de um carro atirando em sua direção. No pânico da situação houve muita correria e os disparos atingiram várias pessoas sendo pelas informações obtidas uma mãe  atingida e uma criancinha de dois anos que foram socorridas pelo SAMU e levadas para o hospital HO.

Samantha Nunes, 20 anos, e Giovanna Nunes Simões de Almeida, de 10 anos, elas ficaram lesionadas nas costas e receberam os primeiros socorros do SAMU, juntamente com uma funcionária da conveniência.

Outras duas mulheres que também estavam do lado de fora correram na mesma direção que o rapaz que era alvo dos assassinos e com isso ambas foram alvejadas e morreram no local. As duas mulheres eram mãe e filha.

Janete Nunes, de 45 anos, (mãe) e sua filha (Rafaela Nunes) não tinham nada a haver com o caso, moravam em São Paulo e vieram a Baianópolis para cuidar do pai, mas agora estavam em viajem de regresso vindas de Baianópolis. Iam pegar o ônibus de turismo para um encontro religioso lá mesmo em São Paulo.

Conforme informações de parentes das vítimas o Sr. Gilson Nunes da Mata morador de Barreiras, natural de Baianópolis e dona Ivete Passos da Mata que estava sentada com sua irmã (Janete) e sobrinha (Rafaela) esperando o ônibus de turismo, ela conta que quando o rapaz viu o carro chegando e atirando em sua direção, entrou na lanchonete e sua irmã e sobrinha também sendo baleadas.

Muitos tiros foram disparados.  A família está transtornada. Um dos motoristas do ônibus de turismo estava muito abalado. Lamentável toda essa situação. A polícia militar e civil, bem como os peritos e o rabecão estiveram no local para perícia e análise do crime que será investigado. (Blog Braga)

Share Button